top of page

QUAL É A PROSPERIDADE QUE DEUS TEM PARA MIM?

E a debulha se vos chegará à vindima, e a vindima se chegará à sementeira; e comereis o vosso pão a fartar e habitareis seguros na vossa terra.

Levítico 26.5

Por que provar da escassez, se Deus é o Possuidor de tudo aquilo de que o novo convertido precisa, após ter deixado as trevas e abraçado o Reino de Jesus? Temos condições de dar o exemplo do Filho de Deus. O Salvador quer que você tenha o amor que Ele recebeu: E eu lhes fiz conhecer o teu nome e lho farei conhecer mais, para que o amor com que me tens amado esteja neles, e eu neles esteja (Jo 17.26).


Não podemos tolerar uma teologia fria e morta, baseada em histórias antigas. Ao contrário, é preciso ter as mesmas experiências dos nossos irmãos do passado e mostrar a quem ainda não viu o poder de Deus em ação que ele será usado para fazer a obra do Senhor. Este é o tempo oportuno para mostrarmos a todos quem é o nosso Pai, Deus da Verdade e do amor!


O Senhor usou o exemplo conhecido das pessoas que viveram há mais dois mil anos: a agricultura. Havendo trabalho e bênçãos incessantes, ninguém ficaria ocioso. Após a debulha dos grãos da espiga, já se iniciaria a produção de uvas, atividade largamente exercida naquela época. Os debulhadores nem bem acabariam de separar os grãos e já iriam para a vindima – colheita e processamento das uvas. Deus é fiel!


Nesse exemplo, vejo a verdadeira Igreja. Ela está sempre colhendo o que plantou e, ao mesmo tempo, plantando a semente, para não existir fome. Quem é de Deus nunca fica estagnado, pois o Espírito Santo faz tudo com a precisão de Quem é perito no Seu trabalho. Não precisamos inventar ou copiar o mundo, e sim deixar que o Todo-Poderoso nos guie de modo singular.

O propósito de Deus é que os Seus trabalhadores se ocupem na Sua seara, quer semeando, quer cuidando da plantinha em desenvolvimento, ou colhendo e separando os frutos, para que tenham contínua provisão. Escassez na Igreja de Cristo significa desobediência, pecado ou falta de amor a Deus – ter e cumprir a missão dada por Ele. Os mandamentos devem ser seguidos à risca (Sl 119.4).


Na sua vida, há falta do Pão do Céu? Se houver, examine as instruções do Altíssimo. Quem não anda neles não tem a confirmação das promessas. Não podemos afastar do nosso coração uma só ordenança; do contrário, abriremos a porta para o inimigo (Tg 2.10). Quem atenta para os mandamentos prova que ama o Senhor, e Ele cumprirá Sua promessa! (Jo 14.21).


Por fim, habite seguro na sua porção celestial, a vontade de Deus preparada para os Seus. Você não será visitado pelas forças do mal, porque o Senhor guardará a sua entrada e a sua saída (Sl 121.8). Quem obedece ao Pai celestial experimenta a fidelidade dEle. Vale a pena confiar no Criador!


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Yorumlar


bottom of page