top of page

QUER EXPRESSAR SEU AMOR A DEUS?

"Porque nisto consiste o amor a Deus: em obedecer aos seus mandamentos. E os seus mandamentos não são pesados."

1 João 5:3

Como cristãos, somos chamados a refletir sobre a natureza do nosso relacionamento com Deus. Diante de 1 João 5:3, a pergunta fundamental emerge: "Como a obediência se torna a expressão mais genuína do nosso amor por Deus?"


O versículo nos revela que "o amor de Deus consiste em que obedecemos aos seus mandamentos". A conexão intrínseca entre amor e obediência é evidente. A obediência não é uma imposição legalista, mas a resposta natural de quem ama a Deus. Jesus ressalta isso em João 14:15, afirmando que, se O amamos, guardaremos Seus mandamentos.


A obediência como expressão de amor não é um conceito novo. No Antigo Testamento, em Deuteronômio 11:1, Israel é exortado a amar o Senhor e a obedecer aos Seus mandamentos. Essa ligação permanece constante em toda a Escritura.


A genuinidade do nosso amor por Deus é medida pela disposição de obedecer, não por uma obrigação legal, mas por um coração que reconhece a bondade e a sabedoria dos Seus mandamentos. É uma obediência que flui do entendimento do caráter de Deus, conforme salientado em 1 João 4:19, onde amamos porque Ele nos amou primeiro.

O apóstolo Paulo, em Romanos 6:16, destaca que somos servos de quem obedecemos, seja do pecado para a morte ou da obediência para a justiça. Essa escolha deliberada de obedecer reflete a quem consideramos como Senhor das nossas vidas.


Ao observar o exemplo de Jesus, vemos que Sua obediência ao Pai foi um testemunho supremo de amor. Filipenses 2:8 relata que Ele se humilhou, tornando-se obediente até a morte. A obediência de Jesus não apenas expiou nossos pecados, mas também estabeleceu um padrão para nossas vidas.


Portanto, 1 João 5:3 nos convoca a uma reflexão profunda sobre como nossa obediência reflete nosso amor por Deus. A obediência transcende o cumprimento de regras; é uma resposta dinâmica ao amor incondicional de Deus. Ao obedecer, não apenas demonstramos nosso amor, mas também experimentamos a plenitude da vida em comunhão com o nosso Pai celestial.


Louvado seja Deus pela sua vida,



PASTOR ERIK SANTANA

Bacharel em Teologia, com especialização em Escatologia e Episcopologia, pelo International Seminary Hosanna and Bible School.




44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page